quarta-feira, 16 de junho de 2010

a culpa é toda minha

Se você não consegue entender, é simples, a culpa sempre será minha.
Do bom dia que você der, até a hora de dormir. A culpa será minha. Se você adoecer, sou eu. Se você se tornar um romântico apaixonado, a culpa é minha, como também, se você se tornar um frio sem alma, a culpa [pra variar] vai ser minha. Se eu cuidar muito, serei culpada. Se eu não cuidar, tenho culpa. Se eu não me importo, sou culpada por não preocupar, se eu me importo, culpada. E assim, vou levando comigo as culpas de todas as alterações, minhas e suas.
Se eu sou realmente culpada de tudo, eu nem tenho certeza. Mas certeza eu tenho de que das poucas coisas que me arrependo de ter feito, tomar essas culpas não é uma delas.
A culpa é minha e ninguém me tira ela. Leva pra você só as memórias, porque ninguém quer levar daqui nada além disso.

7 comentários:

Flor disse...

a culpa é minha e eu boto ela em quem eu quiser! s, a justiça foi feita! news news e news ;D
beeijos

Nathália :) disse...

Será mesmo que a culpa é toda sua? :x

Amei o blog, você escreve muito bem. Beeijos, flor

Jéh Pucker disse...

oooi flor
tem horas que acontece isso cmg, derrepente tudo oque eu faço esta errado, ou seja é tudo culpa minha. Mais daqui a pouco esse momento que tu taiz, passa.
BEIJOO :*

David Nascimento disse...

Doeu um pouco...

√ih disse...

A culpa é uma coisa quer nunca sairá de nossas vidas. Mesmo a gente insistindo, não adianta. Ela corre atrás de nós, como uma pessoa desesperada precisando de ajuda.

Menina disse...

Esse é um daqueles textos que eu queria ter escrito! AMEI!

Beijos, flor!

raquel disse...

Hahahaha... ;D
Adoreiiiii...
Muito bom, muito bom.