quarta-feira, 26 de julho de 2017

Contato apagado com sucesso

"Tu me conhece, cara. Tu sabe minhas dores. Tu não tinha o direito."

Foi a única coisa que eu recebi dela, depois de todo esse tempo, depois de todo esse orgulho, depois de toda essa luta pra não doer mais. Eu não fiz nada de errado, eu tava curtindo a minha vida, do meu jeito, no meu canto. Só não entendo porque mesmo sabendo que não era errado, estou me sentindo um lixo. Eu vou me afastar garota, vou te dar o ar que você precisa, talvez seja a cura que nos falta. Não me culpe se eu te de um tchau na rua, ou curtir uma daquelas suas fotos lindas, nem eu sei porque faço isso, deve que o meu inconsciente faz isso pra você não desistir de mim. Talvez você devia mesmo, desistir da gente, eu não mereço esse sentimento todo que tinha aí, nunca soube lidar com suas tempestades. Enfim, eu vou continuar nessa vida minha, espero que você não, porque pra você eu desejo o melhor.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Planetário

 Não precisa ser perfeito pra ser bom, foi o que ela me disse, até porque não tinha sido nada perfeito. A gente não se conhecia direito, mas o jeito dela me deixava curioso, às vezes passava a impressão de fútil, outras era muito desligada, mas cá pra nós, isso era só o disfarce perfeito para uma romântica  incorrigível, que foi brutalmente machucada e que não quer deixar ninguém entrar. Há quanto tempo eu não via as estrelas como naquela noite? A gente conversou bastante, eu cheguei até compartilhar algumas coisas pessoais que alguns amigos bem próximos não sabem, ela falou bastante, sim, ela conversa muito, de um jeito legal, que consegue te deixar a vontade, e te faz querer estar naquele papo, e no próximo, e já encontrar algum outro assunto, só pra ouvir ela contar mais um história. Mas eu não consegui entender como ela pensa, não dá pra acompanhar. Então vou torcer pra que na bagunça dela, ela queira me achar de novo.

sábado, 8 de julho de 2017

Reticências

Vai dar outro dia de semana que vou querer te ver, e porque? Não sei! De onde tirei essa ideia absurda? Tão errado de tantas maneiras eu só sei que quando percebi já te chamei de novo. E você vem, e vai embora. E me pede um pouquinho de atenção, que ainda não sei como te dar. Arrependido, eu te esqueço, como se nada tivesse acontecido, aí sua foto aparece na minha frente na rede social e já era. Não sei o que você está esperando de mim, tomara que não seja um bom dia, eu não sou desses caras, aliás, podia até ser, mas não com você. Não que você não mereça, porque pelo que eu ouvi, você merecia que eu até abrisse a porta do carro, mas garota, como? É possível que essa semana eu tente esquecer seu nome e não te chamar, mas se eu encontrar outro fio de cabelo seu no meu cobertor, talvez eu te convide pra gastar meia hora comigo, porque eu sei que você vem, e eu sei que eu quero você aqui de novo, e eu sei que vai se repetir. Só não sei no que isso vai dar.