sexta-feira, 31 de agosto de 2012

insônia.


Oi. É, eu sei. Sou eu de novo. Mas olha, não quero conversar dessa vez. Agora estou apenas te pedindo pra você me ouvir. Eu andei pensando muito nesse tempo todo, e bom, você estava certo. Você realmente não é o cara certo pra mim, porque sabe aquelas noites que você me deixava sozinha enquanto queria ver seus amigos? Eu encontrei alguém que não faz isso. Que me valoriza, que me dá muita atenção. E que nos dias da minha tpm, faz piadinhas e compra sorvete pra mim. Nada de perder a paciência porque hoje eu estou com dor de cabeça. Uma boa conversa sempre o deixa feliz. Ele me elogia todos os dias, e me dá um beijo de boa noite antes de dormir. Trocou a operadora do celular pra gente perder horas se falando. A gente intercala um seriado meu, um dele. O mesmo com os filmes. E as viagens. Ele planeja me levar pra conhecer o mundo. Ou mesmo uma cidade vizinha. Ele lê meu blog, e tem ciúmes dos meus amigos. Ele sente minha falta sempre que estamos longe. Você ainda está me ouvindo?

Sim.

Certo. Eu te disse que ele me ama? Porque ele disse, e tenta mostrar sempre isso.

Por que você está me contando isso?

Porque eu encontrei alguém que está sendo perfeito, e que quer que seja perfeito, e que mais do que isso, me quer. Ele é completamente diferente de você. E eu achei que isso seria a melhor parte. Mas isso só me faz te amar mais. E querer todos seus defeitos de volta. Só pra eu te amar mais um dia. Mais um mês. Mais um ano. Mais uma vida. Porque eu troco qualquer céu pelo nosso inferno. E eu só preciso que você venha aqui na porta. Porque está congelando aqui fora sem você. Faz 5 meses que só faz frio aqui.

Nenhum comentário: