domingo, 9 de novembro de 2008

ouvindo o lado esquerdo

De críticas faz-se esse post.
Estou a criticar eu, tu, ele, nós, vós e mais ainda, eles.
Falo do que penso, detesto o que dizes, ignoro o que pensa, abomino o que assistimos, aponto sobre o que cantas e falo mal do que ouvem. Não está certo. Ninguém está sendo totalmente sincero com si mesmo, cansados de ver na novela a mocinha que gosta do galã mas está grávida do vilão, somos pura cópias da ficção que deveria ser nossa seguidora. Não seguimos nosso humor, vestimos exatamente como a pobre garota rica da tv, não bebemos mais a cerveja que gostamos, apenas a da moda. E cada dia que passa vejo menos de nós em nós mesmos . Me chame de irônica, crítica ou hipócrita, se preferir, cá estou eu apontando defeitos nos outros e principalmente em mim, por ver o que acontece e me sujeitar a isso. Volta e meia me vejo pensando em personalidade, o que será isso na verdade? Sabe-se lá o que é isso! Não sabemos ser nós mesmos, não sabemos escolher o que vamos comer, vestir, ou dizer sem ter alguém pra nos mostrar que aquilo é bonito ou feio, somos folhas em branco escritas por outras pessoas. Fingimos ser interessantes, diferentes, mas somos os mesmos e sempre iguais, todos, apenas cópias não idênticas. Triste? Não, no mínimo engraçado, em busca da diferença, somos todos parecidos.

3 comentários:

*Day disse...

ai de mim se desse mais ouvidos ao lado esquerdo...
ótimo post

David Nascimento disse...

Espero que esteja se saindo bem no Direito, a Filosofia perdeu uma estudantes (?) e tanto. Acredito que somos (nós e nossos desejos) construções sociais. A Tv nos diz o que fazer, o filme o que vestir, a música o que sentir... até mesmo esse blog, ao menos ele me dá a sensação de que algo não está perdido. Acho que a síntese de seu post diz que você seria uma concorrente da Teoria Crítica e ainda mais da crítica cultural.
Mas eu estou dando voltas só para dizer que gostei do que escreveu? Isso não vale. Gostei do que escreveu.

wicca* disse...

ai Day, o lado esquerdo tá gritando... tô tentando ignorar mas tem horas que ele fala mto alto..
David, pelo contrário, é a filosofia que anda me ganhando, lendo o mundo de sofia ficam tantas dúvidas na cabeça... E quando eu olho pro povo e vejo tudo tão 'parecido', fico meio indignada....